Colaboradores

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Amor em alemão é Liebe

Amor em Alemão é Liebe

Boa noite, Sr. Liebe.
Não vou fazer rodeios e direi, de uma vez só, o que está acontecendo.
O senhor vai morrer.
Pronto. É isso.
Não dura muito.
Aviso, desde já, que o Senhor não tem culpa nenhuma.
Digo isso com absoluta certeza, e lhe asseguro que o Senhor é um dos homens mais fortes que já conheci.
Todavia, o Senhor, mesmo sendo belo e forte e grande como um touro, sabe que sua saúde só se mantém forte se cuidarem dela, já que sozinho, e sem o mínimo de auxílio e cuidado de outrem, o Senhor não consegue se manter vivo.
Desde que nasceu tem esta síndrome, não consegue se alimentar sozinho ou respirar sem ajuda.
É como um recém nascido, alguém tem que lhe guardar, cuidar, e, infelizmente, quem cuida do Senhor, não sabe sequer cuidar de si próprio.
Imagina estes pobres coitados que, talvez nem amem a si mesmos, terem, ainda, que tomar conta com todo carinho e desvelo de outro ser tão frágil quanto o Senhor.
O que chega a me impressionar, é que, até agora, aos trancos e barrancos, e sabe se lá como, fizeram do Senhor esta bela figura, este ser imenso, que todos que o cercam notam de longe a sua grandeza e seu esplendor.
Diria mesmo que é de causar inveja.
Mas, lamento lhe dizer que nos últimos tempos, pelo estado em que o Senhor se encontra, foi só degradação, preocuparam-se demais com suas seguranças ou inseguranças e deixaram o Senhor por conta própria.
Lamento muito, pois poucas vezes, em todo meu tempo como médico, estive diante de um ser humano com tanto futuro pela frente, com tanto potencial físico, intelectual e emocional.
É uma pena, porque alguém como o Senhor é único e poderia fazer a diferença no mundo.

Encontrei este texto maravilhoso em www.carlosbrasil.com.br

Texto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita e pelo comentário,tenha certeza que é muito importante pra mim!